Paris, Museu do Louvre

Museu do Louvre – Pirâmide

Paris, 27 de novembro de 2014 – Dia 04

Começamos o dia tarde, saindo às 9h45 para tomar café da manhã em frente ao hotel, pois desistimos de ir ao Museu D’ Orsay pela manhã, para focar no Louvre. Escolhemos um café típicamente francês na na rue Linné, o Café Brasserie L´Epsilon. Não foi uma boa opção, saiu caro pelo menu oferecido e no comparativo aos demais, mas fomos atraídos pelo belo ar da arquitetura francesa do local. Por 7,5E cada, consumimos apenas 1 Croissant e 1 Suco de laranja e 1 Chocolate quente. O Cristiano ainda ficou com fome e, a meio caminho para a parada do ônibus que nos levaria da porta do nosso hotel ao Museu do Louvre ele fez um pit stop rapidamente para recompor seu apetite com um panini, devidamente recheado.

Café Brasserie L´Epsilon
Café Brasserie L´Epsilon

Pegamos o tal ônibus, porém no sentido contrário ao Museu do Louvre, nosso destino principal do dia. Passamos por uma região ainda não visitada antes, onde Cristiano pôde rever a Place d´Italie, local onde havia se hospedado anos atrás. Mas o imprevisto não foi tempo perdido, já que aquele ônibus nos levou ao Stade Pierre de Coubertin, seu ponto final.

Museu do Louvre - Pirâmide
Museu do Louvre – Pirâmide

Chegamos no museu às 12h e começamos a rodar. Entramos pela pirâmide e compramos nossos tickets para livre acesso em todas áreas por 18E cada um, sem filas ou quaisquer embaraços. A atendente do guichê simpatizou conosco e perguntou qual era a nossa nacionalidade.

Museu do Louvre - Pirâmide
Museu do Louvre – Pirâmide
Museu do Louvre – Pirâmide

O Louvre é uma atração para, bem vista, tomar o dia todo. Percorremos todas as suas alas, parando mais demoradamente conforme nossos interesses. Os apartamentos de Napoleão são espetaculares, o acervo de arte egípcia, a gliptoteca greco-romana, a seção de arte persa, as coleções de pintura das mais diversas escolas e épocas.

Apartamentos – Napoleão III
Museu do Louvre
Museu do Louvre
Museu do Louvre
Museu do Louvre
Museu do Louvre

 

Museu do Louvre
Museu do Louvre – Objetos de Luís XIV a Luís XVI e sua esposa Maria Antonieta
Museu do Louvre
Museu do Louvre – obra de Jacques-Louis David – Coroação de Napoleão Bonaparte como Imperador dos Franceses

Fizemos uma pausa para almoço em uma espécie de praça de alimentação dentro do museu. Havia opções de croissants e sanduíches, mas optamos por algo mais reforçado como um prato executivo montado num dos restaurantes dessa área. Nada muito especial. Para quem quer comer melhor há restaurantes melhores no museu. Enfim, as refeições, com bebida, custaram 20E cada.

Museu do Louvre - Restaurante
Museu do Louvre – Restaurante

Em seguida, chegamos à ala onde fica a Monalisa e encontramos o saguão lotado de pessoas se acotovelando para fazer um selfie com a “celebrity”. Mas o Louvre é mais, muito mais! O acervo de objetos pertencentes a Luís XVI e Maria Antonieta nos aguardava, bem como uma exposição especial sobre a arte do Marrocos.

Museu do Louvre – Vista lateral para Rue Rivoli
Renascimento Italiano - Mona Lisa
Renascimento Italiano – Mona Lisa
Renascimento Italiano - Mona Lisa
Renascimento Italiano – Mona Lisa

Encerramos a visitação às 18h15, terminando pelo centro de compras Carrousel du Louvre, que fica junto à pirâmide invertida no pátio inferior do museu. Ali há também uma unidade da rede Paul Boulangerie e Patisserie, onde saboreamos deliciosos pães de chocolate. Na galeria de compras, muitas lojas de grifes famosas, livraria, souvenirs e perfumes, muitos perfumes!

Arte Marroquina
Exposição especial de Arte Marroquina
Arte Marroquina
Exposição Especial de Arte Marroquina

No retorno ao hotel passamos em um supermercado e farmácia, onde acredito ter perdido um cartão de memória da máquina (ainda sem uso) e meu voucher de 5 dias do “Paris Visite”, de acesso ao metrô. 

Carrousel du Louvre
Carrousel du Louvre
Pirâmide Invertida do Louvre
Pirâmide Invertida do Louvre

Para nossa estada em Paris ainda restam 2 dias: amanhã, quando pretendemos ir à região da Sacre Coeur e o sábado,  quando devemos conhecer o Palácio de Versalhes. Assim, por enquanto, devo comprar pontuais tickets do metrô mesmo.

Deixamos as coisas no hotel e fomos ao Quartier Latim para jantar na Boulevard Sant German um delicioso Fondue de Carnes, no Chalet Gregoire, rue Gregoire de Tours, nº 4, próximo ao metrô Odeon, onde conhecemos um casal: uma brasileira e um mexicano, bem simpáticos. Na volta, antes do metrô, uma nova passada rápida numa Pâtisserie, a Maison George Larnicol, para aquisição de alguns doces franceses.

Maison George Larnicol
Maison George Larnicol

Fonte: historiaonline.com.br

Por Cristiano e Letícia, casal de mineiros de BH.

:: E-mail :: contato@cidadesdeoutrora.com :: Instagran: @cidadesdeoutrora

:: Os comentários publicados são de responsabilidade integral de seus autores e não representam a opinião deste blog. Observando que não são permitidas mensagens com propagandas ou conteúdos ofensivos e desrespeitosos. ::

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s